Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2019

O nome da expedição: Aymará

Imagem
O nome da expedição: AymaráQuando planejamos nossa expedição pela Bolívia, Chile e Argentina tornou-se necessário dar um nome para a mesma. Depois de muitas discussões a respeito de nomes como "Expedição America do Sul", "Expedição Uyuni" etc, pensamos em algo cultural, que pudesse ligar os três países a serem visitados: a escolha foi Aymará.

Aymará é o nome de um povo estabelecido desde a era pré colombiana no sul do Perú, Bolívia, Argentina e Chile. Também são conhecidos como Quollas. Até hoje, na Bolívia, existem cerca de 1.200.000 pessoas falam o idioma Aymará, enquanto que no Chile são cerca de 50.000 pessoas e na Argentina 10.000. 
O próprio atual presidente da Bolívia, Evo Morales, pertence a esta etnia e tem nos últimos anos apoiado seu desenvolvimento e continuidade. O mesmo não ocorre no Perú onde vive a segunda maior população que sofre certa discriminação.
É interessante saber que cerca de 3.500 pessoas no Brasil também falam a lingua e pertencem a esta et…

O consumo da Pajero TR4

Imagem
Consumo da nossa Pajero TR4 no giro pela América do SulAntes de falar dos detalhes da aventura, incluindo o abastecimento na Bolívia, vou abordar o consumo da minha Pajero TR4 durante a expedição. Durante o planejamento, estimei um consumo de cerca de 8,5 km por litro sendo que no final tive um grata surpresa. 
Abaixo estão listados todos abastecimentos e média de consumo:

Partida de Araraquara SP - Tanque Cheio.
Abastecimentos:
1 - Andradina SP- Média 11.2 km/l;
2 - Águas Claras MS - Média 9.6 km/l;
3 - Campo Grande MS- Média 10.4 km/l;
4 - Corumbá MS - Média 9.05 km/l
5 - Caminho Sta Cruz - Média 6.85 km/l
6 - Sta Cruz de La Sierra - Média 11.3 km/l;
7 - Sucre - Média 9.9 km/l
8 - Uyuni - Média 10.0 km/l
9 - Uyuni - Média 8.0 km/l
10 - S. Pedro Atacama - Média 9.6 km/l
11 - San Antonio de Los Cobres - Média 10.9 km/l;
12 - Presidencia Roque Sainz Penha - Média 9.8 km/l (incluído o galão que foi esvaziado)
13 - Foz do Iguaçu PR - Média 10.7 km/l
14 - Ourinhos SP - Média 11.5 km/l


As médias obtidas são…

Primeiro dia: processo de alfandega e entrada de veículos na Bolívia

Imagem
Primeiro dia de nossa expedição: deslocamento pelo Mato Grosso e entrada com veículo na Bolívia pela fronteira de Corumbá.Primeiro dia da nossa expedição: saímos logo cedo de Araraquara, nossa base de partida devido a meus pais que moram lá e onde embarcaram outros membros da expedição. Pontualmente as 23h00 da noite do dia 02/02/2019 estávamos rodando com destino a Mato Grosso do Sul. O plano inicial era parar em Campo Grande, mas como foi um dia de deslocamento, esticamos até Corumbá divisa com a Bolívia, onde chegamos por volta das 14h00 após cruzar o pantanal.


Corumbá é uma cidade simpática e quente. Ficamos hospedados em uma pousada boa com uma proprietária ruim, mas como foi apenas uma noite, não fez diferença. A cidade possui vários locais de hospedagem e isto não é uma preocupação lá.
No dia seguinte começou a saga da fronteira que pretendo detalhar um pouco mais.
Quando começamos a pesquisar sobre a entrada com carro na Bolívia encontramos várias informações desencontradas, incl…

A revisão da TR...

Imagem
De Mitsubishi Pajero TR4 em expedição pela América do SulA Mitsubishi Pajero TR4 é uma derivada da Mitsubishi Pajero Pinin que é um SUV 4x4 de porte pequeno-médio, produzido pela Mitsubishi Motors desde 15 de junho de 1998, na carroceria de três portas, e a partir de 24 de agosto de 1998 como uma carroceria de cinco portas. "Pinin" é um nome derivado do italiano "Para mim".
Foi exportado como Montero iO para países de língua espanhola, e para a Europa como Pajero Pinin, Shogun Pinin ou simplesmente Pinin. O modelo foi desenhado pela Pininfarina, um famoso escritório italiano. A Mitsubishi também fabricou o carro em uma fábrica perto de Turim, Itália. 
No Brasil foi fabricada como Pajero TR4 a partir de 2002 sob licença.
A TR4 é desde julho de 2007 o primeiro SUV 4x4 com motor flex, rodando com gasolina, álcool ou uma combinação dos dois. Em 2010 sofreu uma reestilização no Brasil mas ainda herda a base do modelo original.
Entrei neste lance de TR4 quando botei na cabeç…

O roteiro...

Imagem
O convite partiu do meu grande amigo Kaleo: conhecer o Salar de Uyni na Bolivia. Como na mesma época estava interessado em fazer alguma viagem do tipo prontamente aceitei. Nas semanas seguintes tivemos várias conversas sobre qual seria o melhor roteiro.
A ideia inicial foi viajar de avião até Sta. Cruz de La Sierra e lá alugar duas caminhonetes e partir para o salar. Chegamos a realizar cotações mas o desejo de mais aventura logo falou mais alto: porque não ir com nossas Pajeros TR4s? O consenso de dirigir até lá e entrar de carro na Bolivia imperou rapidamente.
Os dias seguintes foram tomados por discussões sobre o roteiro e logo começaram as preocupações sobre as diversas histórias que falavam sobre os riscos de dirigir seu carro próprio na Bolivia. Tratarei em detalhes isto mais adiante.
No final, acabamos fechando um roteiro circular de acordo com os dias que teríamos disponíveis: apenas 12. Este roteiro circular nos permitiu ganhar tempo e visitar além o Salar de Uyni o deserto do A…